KBB - Cotação de carros - logo
PUB
Página principalNotíciasDicas
Partilhar

Carro em autocombustão? Saiba o que fazer

Sim, é um cenário assustador, mas não é tão dramático quanto parece. Se alguma vez lhe acontecer, o mais importante é manter a cabeça fria e agir depressa.

Num processo de autocombustão, mesmo depois do contato cortado, o motor vai continuar a funcionar sozinho, queimando óleo devolvido pela admissão. A bomba de injeção já não assegura a sua função reguladora, enquanto a mecânica funciona para lá das suas capacidades, mais parecendo ter entrado em processo de autodestruição.

Plano de ação

Este é, sem dúvida, um fenómeno muito raro, mas qualquer motor Diesel com sistema de sobrealimentação por turbo está sujeito a uma avaria deste tipo. Se o seu automóvel entrar em autocombustão, deve ter bem presente que desligar o carro não irá adiantar, pois o motor vai continuar freneticamente em sobreregime, até que se acabe o óleo ou, pior, quando o motor partir…! No entanto, existe um plano de ação de emergência, com eficácia comprovada, que deve colocar em prática em poucos segundos, para tentar minimizar os estragos.

Pare o carro em segurança na via pública

Quando estiver imobilizado em local seguro, engrene a mudança mais alta e puxe o travão de mão. Por fim, trave a fundo e largue o pedal da embraiagem bruscamente, para tentar que o regime do motor caia a pique, até que o propulsor pare por completo. É muito importante resistir ao impulso de engrenar uma mudança baixa, pois colocará o motor numa situação de ainda maior risco.

Este "plano de emergência" não pode ser aplicado em automóveis equipados com caixa de velocidades automática. Nestes, a situação é ainda mais complicada, obrigando a medidas ainda mais engenhosas. A prioridade nestes casos passa por criar um obstáculo ao processo de combustão, por exemplo, impedindo a entrada de ar no motor. Sugerimos que tente ‘sufocar’ a mecânica, usando um qualquer pano, uma camisola ou outro tecido sobre o sistema de admissão.

No caso de, finalmente, ter conseguido interromper com sucesso o processo de autocombustão, não volte a ligar o motor que acabou de salvar! Abandone a viatura, sinalize a avaria e chame a assistência.

Como prevenir a autocombustão

A autocombustão nos motores Diesel acontece devido a falha na mecânica, quase sempre causada por avaria no turbo. E, como qualquer outra avaria, se muitas vezes não podemos evitá-las ao menos que as atenuemos.

A melhor (e única…) forma de prevenir que o seu automóvel entre em processo de autocombustão é através de uma manutenção rigorosa, feita exclusivamente por profissionais, em oficinas certificadas. Depois, utilizando o automóvel de forma consciente estará também a reduzir o seu desgaste, poupando todos os seus componentes, diminuindo os riscos de avaria e os custos e inerentes.

Onde há fumo...

Quando um motor entra em autocombustão, acelera sozinho e descontroladamente, enquanto deita fumo (muito fumo!) de cor branca. Mas, se de repente, começa a sair fumo mais escuro do capot, sem que o motor esteja em sobre-regime, então o problema é provavelmente outro e pode significar… fogo! E com consequências imprevisíveis…

Pare o carro em segurança, desligue imediatamente o motor e abra o capot. Se o incêndio estiver no início é provável que, recorrendo a um extintor, que deve ter sempre no carro, consiga anular perigos maiores. Ataque a chama sem medo (acredite que apenas nos filmes os automóveis explodem em dois tempos…), descarregue o conteúdo do extintor de cima para baixo, em movimentos circulares. Se conseguiu impedir males maiores, sinalize a viatura imobilizada e chame a assistência.

Partilhar

Artigos Recentes

PUB
PUB

Descubra já o preço do seu carro novo ou usado

  • Citadino

  • Utilitário

  • Sedan

  • Carrinha

  • Monovolume

  • SUV/TT

  • Desportivo/Coupé

  • Cabrio

  • Luxo

  • Híbrido/Eléctrico

PUB